Home » Doenças Vasculares » Carótida

Voltar

Carótida

As artérias carótidas são de extrema importância por serem as principais responsáveis pelo transporte de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro. Essas artérias podem ser acometidas por doenças obstrutivas, aneurismas, tumores, entre outros. Abaixo estão listadas e detalhadas algumas das principais doenças que afetam as artérias carótidas.

Para informações sobre aneurisma de aorta visitar a seção própria »

carotida-01

O que é?

Com o passar dos anos, as artérias carótidas podem apresentar obstruções em seu trajeto, geralmente em decorrência de aterosclerose, que se caracteriza pelo depósito de placas de colesterol e cálcio nas paredes da artéria.

Esta obstrução pode levar a uma diminuição da quantidade de sangue e oxigênio que chega ao cérebro, podendo ocasionar, dependendo do grau, um acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido com derrame.

Este quadro pode ser provocado pelo entupimento das carótidas ou descolamento de placas de gordura que bloqueiam pequenas artérias no interior do cérebro e impedem a chegada de oxigênio e nutrientes ao tecido.

Causas

Uma vez que o fator principal para o desenvolvimento de obstrução das carótidas é a aterosclerose, as causas costumam ser as mesmas: idade avançada, diabetes, tabagismo, pressão alta, colesterol elevado, sobrepeso, sedentarismo e histórico familiar de aterosclerose.

Sintomas

A doença pode ser silenciosa, portanto, costuma ser detectada em exames de rotina. Um acidente vascular cerebral é considerado um sintoma inicial, o que justifica a avaliação de todos os pacientes por um cirurgião vascular.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser realizado com a utilização de exames de imagem como a ultrassonografia com Doppler, tomografia, ressonância magnética ou arteriografia.

O grau de obstrução das artérias e a presença ou não de sintomas definem qual tratamento deve ser indicado. O tratamento pode variar, incluindo, em alguns casos, a mudança de estilo de vida e medicações específicas, e em outros mais avançados, a necessidade de um procedimento cirúrgico.

Tratamentos

O cirurgião vascular pode realizar dois tipos de cirurgia de carótida, a cirurgia aberta e a cirurgia endovascular.

A equipe do Instituto Belczak de cirurgia vascular e endovascular possui experiência em ambas as técnicas, deixando a cargo do paciente, juntamente com o médico, a decisão sobre a melhor técnica a ser utilizada em cada caso.

A cirurgia aberta, chamada de endarterectomia, consiste na retirada das placas do interior da artéria seguida da costura da artéria e restauração de fluxo em seu interior.

A técnica endovascular, que consiste na realização de angioplastia da carótida, é minimamente invasiva e se caracteriza pela introdução de delicados balões e stents – endopróteses utilizadas para desobstruir as artérias carótidas –, sem a realização de cortes.

carotida-02    carotida-03

Agende uma consulta