Home » Doenças Vasculares » Embolizações » Embolização de Próstata

Voltar

Embolização de Próstata

O que é?

Arteriografia da próstata antes de sua embolização.

A hiperplasia prostática benigna (HPB) é o crescimento exagerado da próstata que faz parte do envelhecimento do homem. É uma doença benigna muito frequente e, diferente do que muitos pensam, não se transforma em câncer.

A embolização da próstata consiste em ocluir as artérias nutridoras da próstata através de cateterismo. O bloqueio do fluxo arterial leva a morte de grande parte da próstata que irá murchar e desobstruir o canal que passa através dela. Vale ressaltar que a redução de volume prostático é gradual, assim como os sintomas. Só será perceptível alguma melhora cerca de 10 dias após o procedimento, chegando a melhora máxima entre 2 a 6 meses. A raspagem (RTU) oferece melhora imediata, logo após a retirada da sonda vesical (7 a 10 dias), sendo uma vantagem.

O procedimento de embolização de próstata é realizado através de uma punção na virilha, sem cortes ou suturas, podendo ser feito de forma ambulatorial (sem internação mas com permanência de 6h) ou com uma noite em apartamento. O paciente não precisa ficar com sonda urinária, sendo necessário repouso relativo por 24h e uso de alguns medicamentos (verso) para alívio da disúria (ardor e dor ao urinar) e constipação que ocorrem por cerca de 3 dias.

Na experiência de muitos médicos brasileiros, assim como nos trabalhos científicos, espera-se, em média, a redução de 45% do peso prostático, aumento de 100% do jato/fluxo máximo e a redução de IPSS em cerca de 65%. É um procedimento seguro, com baixas taxas de complicações, sendo as mais comuns relacionadas à punção (hematoma). A recorrência ocorre, assim como pode ocorrer na RTU, e com taxas de cerca de 20% em 3 anos, podendo o paciente ser embolizado novamente, caso necessário.

Arteriografia da próstata antes de sua embolização

Sintomas

Os sintomas ocorrem porque a uretra (canal que sai da bexiga levando a urina) passa por dentro da próstata. Esta estando aumentada, obstrui a uretra e dificuldade no esvaziamento da bexiga.

Tratamentos

O tratamento de embolização da próstata consiste em reduzir o tamanho da próstata para facilitar a passagem da urina. Medicamentos, raspagem do canal (ressecção transuretral – RTU), cirurgia aberta (prostatectomia) e embolização são os métodos utilizados mundialmente e aceitos na comunidade médica. Sim, a embolização de Próstata é uma alternativa reconhecida e, como muitos ainda afirmam, NÃO é mais considerada experimental pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Mais de 3 mil pacientes já foram tratados no mundo, com centenas de publicações em renomadas revistas médicas internacionais, mostrando resultados semelhantes.

Agende uma consulta