Home » Doenças Vasculares » Tumor Glômico Carotideo

Voltar

Tumor Glômico Carotideo

carotida-04

O que é?

O tumor glomus carotídeo, também conhecido como tumor de corpo carotídeo ou tumor glômico, é um câncer raro que se desenvolve na bifurcação da artéria carótida.

Na maioria das vezes o tumor glomus carotídeo é benigno, mas como apresenta um crescimento lento e contínuo em uma região com muitas estruturas importantes, requer tratamento cirúrgico.

Seu crescimento provoca a diminuição da chegada de sangue no cérebro, comprimindo os órgãos ao seu redor.

Causas

Alguns casos são decorrentes de alterações genéticas hereditárias. A maioria são tumores que se desenvolvem a partir de mutações genéticas, como grande parte das neoplasias.

Sintomas

Grande parte dos pacientes são assintomáticos, portanto o diagnóstico costuma ser incidental, muitas vezes detectado através de exames para avaliação de outras doenças.

Em alguns casos, o paciente pode apresentar um tumor palpável no pescoço, que será verificado pelo médico através de exames, como a ultrassonografia, ressonância magnética ou tomografia, para a confirmação do diagnóstico.

Diagnóstico

Esse tumor pode algumas vezes secretar substâncias que causam a aceleração dos batimentos cardíacos ou aumento da pressão arterial.

Mais comumente, seus sintomas são decorrentes de compressão de estruturas adjacentes.  Os pacientes podem apresentar rouquidão, dificuldade e dor para engolir, dor de cabeça, sensação de pressão no ângulo da mandíbula e desmaios.

O crescimento do tumor também pode provocar derrame cerebral, devido à pressão e obstrução da artéria carótida.

carotida-05

Tratamentos

O tratamento do tumor de glomus carotídeo é o cirúrgico, com a retirada do tumor.

Muitos casos se beneficiam com a realização de embolização do tumor por técnica endovascular antes da realização da cirurgia,

uma vez que esta técnica pode diminuir o tumor, facilitando a realização da cirurgia diminuindo a possibilidade de sangramento no intraoperatório.

Agende uma consulta